New York – Hospedagem, Restaurantes, Passeios

Minha experiência de hospedagem, compra de passagens, passeios e refeições na cidade linda e que nunca para mesmo: New York.

new york

Oi, tudo bem? Desde que voltei de viagem, ando com vontade de escrever algumas dicas legais de viagem, especificamente sobre New York.

Antes de tudo, a decisão de fazer essa viagem, foi por causa do preço das passagens. Eu e o Bruno fomos para Nova Iorque dois anos atrás, e é um lugar que gostamos muuuito. Então entramos no Voopter, e fizemos um cadastro de preço e local escolhido no alerta de preços, que envia por email, sempre que existe uma passagem abaixo ou no valor que escolheu, a seleção de passagens e a data correspondente.

Recebemos um ótimo valor, e então decidimos viajar. Isso foi quase um ano antes da data escolhida, portanto foi bem tranquilo planejar e pagar pela viagem.

Logo depois no Booking.com, encontramos um hotel super bem localizado (uma quadra do Central Park), e com preço bastante bom. O quarto era muito pequeno mesmo, as instalações bem antigas, mas a cama era bem confortável, e o chuveiro era muito bom.

Outra coisa boa era o café da manhã, tinha variedade e era gostoso.

Ficaria lá outra vez, principalmente pela localização, era perto de tudo!

Em New York sempre tem tanta coisa incrível para fazer, mesmo no inverno, que dá vontade de passar o mês lá para aproveitar tudo haha! Quem dera.

new york

Como na primeira vez em que estivemos lá, visitamos quase todos os museus (e foi incrível!!!), dessa vez fizemos coisas menos cult haha.

Separei algumas coisas bem legais que fizemos:

  • Sleep No More: É uma peça que se passa simultaneamente em todos os andares de um hotel fictício. Os atores interagem também com a platéia, que fica literalmente dentro da cena utilizando máscaras, e também livre para ir para todos os ambientes que quiser, a hora que quiser. É misterioso, é instigante, é sensacional, com certeza uma das coisas mais legais que fizemos lá.
  • Kinky Boots: Musical da Broadway, sobre um homem que herda uma fábrica de sapatos que está a beira da falência. Para tentar salvar a fábrica tem a ideia de investir em um novo mercado, sapatos femininos resistentes a estrutura corporal masculina, ou seja, drag queens. Notável como o ator que faz a drag queen principal canta e representa, e como a história é emocionante e divertida.
  • Patins no gelo: Ótima opção para o inverno. Existem três ou mais pistas em Nova Iorque nessa época, porém a do Bryant Park tem o melhor preço, ou melhor, não cobra a entrada, apenas o aluguel dos patins.
  • Newsical The Musical: Musical off Broadway (produção bem menor) divertido e inteligente com sátiras a personalidades dos Estados Unidos.
  • Brooklyn Brewery: A visitação é paga, e marcada com um mês de antecendência. Inclui conhecer todos os cantinhos da fábrica e ainda experimentar um pouquinho das cervejas. Infelizmente na data que marcamos, teve uma tempestade de neve, e eles desmarcaram. Voltamos para a degustação, que fica aberta de segunda a segunda. A entrada é grátis, e o preço das cervejas é legal.
  • Highline: Uma antiga linha de trem, transformada em jardim suspenso. O lugar é super frio no inverno, mas super bonito, e a vista para a cidade é incrivel.
  • Spin New York: Várias mesas de ping-pong com serviço de bar, petiscos e bebidas. Lugar divertido para passar um tempo entre amigos.

new york

Algumas ótimas opções de restaurante:

  • Burguer Joint: Pequeno e super simples restaurante com dos melhores hambúrgueres que já comi, escondido no fundo de um loft de hotel. O preço é muito bom também.
  • Dennys: Sempre que estou nos EUA, adoro ir no Dennys e comer os Nachos e salada de pecan e macãs. O preço é bom, e a comida deliciosa.
  • Ellen’s Stardust: Por indicação da minha linda Mel, desde a primeira vez em NY, conheço e adoro esse restaurante. A ideia é sensacional, garçons atores e aspirantes a atores da Broadway, que atendem e cantam as principais músicas dos famosos musicais. Incrível comer enquanto eles se apresentam. A comida é boa, e o preço é mediano.
  • Chelsea Market: uma galeria grande (tipo um mercadão mais sofisticado) composta por restaurantes com opções variadas. Comemos no Lobster Place, um lugar que tem muitos frutos do mar, em sopas, saladas e em uma mesa grande de sushi e sashimi. As lagostas tem um preço ótimo comparado aos do Brasil.
  • Intelligentsia Coffee: Café famosinho em Nova Iorque. Lugar bonito, refinado, no hall de um hotel. Café é realmente bom, mas atendentes são sem educação, maliciosos, e tiram sarro dos clientes descaradamente.
  • Dos Toros: Tacos enormes e deliciosos. Atendimento rápido, e tem a opção de tacos super picantes.
  • The Donut Pub: Donuts tradicionais muito gostosos, e ótimo atendimento.
  • Levain Bakery: Sério, o melhor e maior cookie que já comi na vida. Incrível!
  • Piccolo Cafe: Pequeno restaurante italiano. Sanduíche de lagosta com pão italiano absurdamente gostoso! Preços super bacanas também.
  • Toby’s Estate: Cafeteria no Brookiln. Ambiente legal, confortável, onde você pode ver todo o processo da torra de café. O cookie de pistache é maravilhoso!

IMG_6058

Deu uma vontade de voltar agora haha 😀

Gostou das dicas? Tem alguma dica para contar?

Beijo 😀

2 thoughts on “New York – Hospedagem, Restaurantes, Passeios

Deixe uma resposta